Concurso Arsesp 2017 – Banca Organizadora em Seleção


  

Concurso deve oferecer 46 vagas para especialista e analista em regulação.

Já está em andamento o processo para a escolha da banca organizadora do novo concurso público da Agência Reguladora de Saneamento e de Energia do Estado de São Paulo, a Arsesp. Aguardado desde a data de 10 de maio de 2017, logo que foi autorizado pelo governador Geraldo Alckmin, a expectativa é de que, a qualquer momento, a empresa responsável por todo o processo do certame já seja confirmada, dando encaminhamento ao edital de abertura das inscrições até o prazo máximo de dezembro.

Com trabalho intensificado desde 9 de agosto, no processo para a elaboração do documento oficial, sabe-se que serão oferecidas um total de 46 vagas, sendo dessas 42 para a função de especialista em regulação de serviços públicos e outras quatro para o cargo de analista de suporte à regulação. Para ambas as carreiras, é necessário atender alguns pré-requisitos importantes no que se refere à formação e experiência profissional.

Partindo disso, as duas precisam de pessoas com diploma em nível superior em áreas específicas e de acordo com as atividades. Além disso, ainda é necessário ter experiência profissional de pelo menos três anos na respectiva área.

Quais as áreas de atuação?

Para a carreira de analista de suporte à regulação, as atribuições são voltadas para as seguintes áreas de atuação: fluxo de documentos, administração geral, orçamento, tecnologia da informação, comunicação e relacionamento com os usuários e planejamento estratégico.

Já para a de especialista, as atividades são três e as seguintes: saneamento básico, gás canalizado e energia elétrica.

Remuneração e plano de carreira

Ambos os cargos citados possuem um plano de carreira que é composto por seis níveis distintos. Sendo assim, durante o exercício, quem for aprovado para o cargo de analista contará, posteriormente, com um total de mais cinco reajustes, elevando assim as remunerações iniciais, que são de R$ 5.207. Dessa forma, os valores podem chegar a até R$ 10.473.

Já para os especialistas em regulação de serviços públicos, o valor inicial de R$ 6.214 chega, ao fim, a um vencimento de até R$ 12.499,50. É importa ressaltar que, para ambos os cargos, a jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

Sobre o concurso anterior da Arsesp




A última seleção da Arsesp também foi destinada para as duas carreiras. O certame ocorreu no ano de 2009, pela banca organizadora responsável na ocasião, a Fundação Vunesp. É possível acessar no site da mesma todo o conteúdo programático desse processo, no https://www.vunesp.com.br/.

Uma prova de conhecimentos gerais foi a primeira etapa a que foram submetidos os candidatos. Foram, no total, 40 questões, além da realização de uma redação sobre assunto específico. Essas ocorreram no período da manhã. Já no período da tarde, foi realizada uma prova sobre conhecimentos específicos e com 30 questões.

Na etapa de conhecimentos gerais, foram cinco questões de matemática, 12 de língua portuguesa, quatro de noções sobre direito constitucional, cinco sobre raciocínio lógico, três sobre as noções de direito administrativo, três sobre noções de informática, três sobre atualidades e cinco sobre língua inglesa.

Em cargos técnicos, as 30 questões de conhecimentos contaram com uma divisão de quatro grupos com 15 questões, sendo que os candidatos deveriam escolher dois. Isso ocorreu da seguinte forma: 15 de conhecimentos técnicos relacionados ao setor de distribuição de gás canalizado e a sua regulação; 15 sobre conhecimentos técnicos do setor elétrico e a sua regulação dos serviços de energia; 15 sobre conhecimentos técnicos sobre a economia e a regulação; e, por último, 15 sobre conhecimentos técnicos do setor de saneamento básico e a sua regulação.

Para analistas, foram cinco grupos de 10, necessitando da escolha de três. A divisão ficou assim: dez de tecnologia da informação, dez de administração geral e sobre contratações, dez de orçamento público e as finanças, dez de comunicação e sobre relacionamento com o usuário e dez de recursos humanos e planejamento.

Na classificação final foram considerados também os títulos dos candidatos. O limite desses era de 15 pontos.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 4]


Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *