Concurso Público Marília (SP) 2017 – Edital em Breve


  

Seleção deverá ofertar vagas para todos os níveis de escolaridade.

A Câmara do município de Marília, cidade localizada no interior paulista, nesta quinta-feira, dia 6 de junho, realizou uma votação para dois projetos de lei que consideraram essenciais para que fosse realizado um concurso público para cargos municipais. O certame foi confirmado na quarta-feira, dia 5 de julho, por meio do prefeito Daniel Alonso, o qual informou que deverão ser ofertadas vagas para várias áreas, dando ênfase para a área da educação e saúde. De acordo com os responsáveis de recursos humanos, o objetivo é que edital de abertura seja publicado ainda neste mês de julho. As vagas e os cargos devem ser confirmados ainda nos próximos dias.

A empresa organizadora já foi determinada, através da dispensa de licitação, e ficará por conta da Fundação Vunesp.

Ainda não foi confirmada a oferta, mas acredita que pelo menos 122 postos já estão garantidos para o setor de educação.

Ambos os projetos que se encontram em votação na Câmara têm a função de estruturar novamente a carreira de docente. O projeto primeiro é a lei complementar 29/2017, a qual se refere sobre a criação de 122 vagas, as quais devem ser destinadas para o certame. Deste total, 80 se destinam a professor de EMEI, cinco para o cargo de arquivista e 37 para professor de educação especial.




O outro projeto de lei nº 85/2017, muda o estatuto do magistério público do município, sobre os requisitos para preencher as vagas para professor de EMEI, professor de EMEF e professor de educação especial, postos do novo certame.

Conforme a proposta definida, o posto de professor de EMEI irá passar a cobrar pedagogia ou normal superior.

Já para o cargo de professor de educação especial é preciso ter licenciatura plena em pedagogia habilitado na área de educação especial ou então licenciatura plena em pedagogia com pós-graduação em educação especial, neuropedagogia ou psicopedagogia.

O prefeito explicou que as mudanças na lei 3.200/86, que buscam regulamentar a área do magistério, necessitam que seja aberto o concurso público para cargos de docentes. Além disso, da necessidade de criar novos postos, os quais serão ocupados através deste certame, onde os aprovados irão ingressar no ano letivo do próximo ano.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 36 Média: 2.7]


Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *