Concurso TRT-BA 2018 – Seleção precisa de Nova Autorização


  

Certame poderá contar com vagas de nível médio e superior.

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5), que abrange a Bahia, vai precisar de uma nova autorização, para a realização do seu concurso, que já estava previsto e que também já tinha comissão formada e estava trabalhando no projeto básico, que visava à escolha da banca organizadora.

O concurso previsto seria para o cargo de técnico administrativo, nas áreas de segurança e contabilidade. Porém, por decisões administrativas, o certame não vai mais acontecer. Mas, existe a possibilidade da realização de um novo concurso para as áreas de técnico judiciário, nível médio, e analista, superior, pois o certame vigente vence em abril de 2018. Desta maneira, espera-se que o concurso seja autorizado. Que tal começar os seus estudos?

Sobre o último concurso do TRT 5

O último concurso foi realizado em 2013 e ofereceu 14 vagas, para o cargo de técnico e analista. As remunerações iniciais eram de R$ 6.818,15 e R$ 10.620,24, respectivamente. A banca responsável pela realização do certame foi a Fundação Carlos Chagas.

Na ocasião, os interessados foram submetidos à prova objetiva, que tinham 60 questões, sendo português, raciocínio lógico e matemática, regime jurídico dos servidores públicos da união, processo administrativo, regimento interno do órgão, além de conhecimentos específicos, que mudavam de acordo com o cargo pretendido pelo candidato. No total, o concurso do TRT 5 teve 71.143 inscritos. Para conferir o edital completo, é só acessar: http://www.trt5.jus.br/arquivo_diario/diario130826-capital.pdf.

Como fazer uma ficha de estudo eficiente?

Uma das mais eficazes estratégias de estudo é a ficha resumo, em que você pode manter o conteúdo na sua memória no curto/longo prazo. Com as fichas, o conteúdo está sempre perto de você e pode ser lido no ônibus, enquanto aguarda atendimento no supermercado, ou qualquer outro período do dia a dia.

A ficha resumo deve ser feita no momento da revisão do conteúdo. Ou seja, você acabou de estudar a parte teórica e vai rever a disciplina? Pode começar a elaborar a sua ficha. Este é o primeiro passo! É fundamental que ela seja organizada e tenha apenas o conteúdo necessário. Não adianta querer escrever “tudo”, mas apenas o básico que realmente você precisa.




Sintetize as informações por meio de frases e outra dica é usar mnemônicos, para você se recordar ou exemplos. Não entendeu? Quais são os princípios da administração pública expressos na Constituição Federal? Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência. Para não se esquecer, você pode usar o mnemônico L.I.M.P.E! Gostou da dica?

Além disso, use poucas cores de canetas para fazer a ficha. Por exemplo, você pode utilizar azul, para título, preto, para explicar a informação, e vermelho para o que você, realmente, precisa lembrar, ou seja, prazos, exemplos que mais caem em prova, palavras chaves, entre outros. Não adianta montar uma ficha muito “colorida”, pois você fazer muita confusão em relação ao conteúdo.

As fichas podem ser feitas no computador em software específico ou no papel. O importante é sempre carrega-las com você. Separe um tempo no seu planejamento de estudo para fazer a revisão das suas fichas. Este é o segredo para o conteúdo permanecer na sua memória!

Ao resolver exercícios do seu concurso, tente montar fichas, também. A dica é fazer resumos por meio de questões. Assim, além de aprender e reter melhor a disciplina, você consegue descobrir os tipos de questões mais cobradas, a forma, as pegadinhas e os assuntos mais recorrentes.

Que tal começar a estudar para o concurso do TRT 5 região? No link disponibilizado, você confere o último edital e já começa a fazer o seu cronograma de estudo. Depois que terminar a parte teórica, comece a fazer os resumos por meio de fichas e você vai descobrir como seu estudo será mais produtivo.

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 16 Média: 3]


Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *