Procon-DF – Concurso Previsto para 2017

  


Certame irá ofertar 39 vagas de emprego para as carreiras de Analista, Fiscal e Técnico.

A previsão é que o processo público de seleção para o Procon, o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal, conte com 39 oportunidades que estão distribuídas nas carreiras de analista, fiscal e técnico.

O Instituto de Defesa do Consumidor, o Procon do Distrito Federal provavelmente realizará um novo processo de seleção no ano de 2017. Isso se deve pelo fato das diretrizes orçamentárias para o ano de 2017 visar ao preenchimento de 39 oportunidades efetivas e até agora a instituição não conta com nenhuma seleção vigente.

De todas as vagas, 6 delas são destinadas para a função de técnico de defesa do consumidor, 18 são para o cargo de fiscal de defesa do consumidor e as outras 15 voltadas para analista de defesa do consumidor.

A vaga para técnico exige formação em nível médio ou em curso técnico, conforme a área a ser preenchida pelo candidato. Enquanto as outras carreiras são destinadas para profissionais que possuem nível superior em várias áreas de formação.

As remunerações iniciais pagas pelo órgão são de R$ 3.919,13 para os cargos de técnico e de R$ 5.293,30 para fiscais e analistas.




As atribuições dos fiscais do Procon:

Aos fiscais de defesa do consumidor do Procon/DF é requerido coordenar, planejar, avaliar, executar e supervisionar atividades de fiscalização relacionadas às normas referentes a defesa do consumidor, executar atividades variadas de interesse do setor e participar de programas que visam o desenvolvimento e que envolvam conteúdos relacionados à área de atuação.

Último concurso público realizado pelo Procon do Distrito Federal:

No Distrito Federal, o Instituto de Defesa do Consumidor realizou no ano de 2011 um concurso público ofertando 200 vagas, além de formação de cadastro reserva de servidores para analista, fiscal e técnico. Naquele momento, a empresa organizadora foi o Iades, o Instituto Americano de Desenvolvimento.

A seletiva teve em sua composição uma avaliação objetiva para todos os inscritos. Além de análise de títulos para fiscal e analista e avaliações discursivas. O teste objetivo teve 60 questões, onde 30 delas eram de voltados aos conhecimentos básicos e as outras 30 voltadas aos conhecimentos específicos.

Por Filipe Silva


Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *